Mapa do Site

Como Chegar

EPPN DF 005 - Núcleo Rural do Córrego Urubu - SMLN Trecho 1 - Chácara 66

Lago Norte - Brasília - DF - CEP: 71.540-010

ÁGUAS DA SERRINHA DO PARANOÁ

OBJETIVO GERAL

Formar lideranças comunitárias na região da Serrinha do Paranoá visando o cuidado com o meio ambiente - em especial com as águas, “bem comum bem de todos” - por meio de ações teórico-técnico-vivenciais ampliando o conhecimento da realidade local e regional e dando  continuidade ao processo de construção da sociedade sustentável com base nos princípios da Carta da Terra.

Estimular o engajamento comunitário no endereçamento dos Núcleos Rurais; e sua participação nos programas CAR, PRA e CRA.

Estabelecer uma agenda cultural socioambiental;
Estabelecer uma agenda desportiva e trilhas socioambiental.

Inserir os Núcleos Rurais no Programa de Saneamento Rural; Implementar soluções sustentáveis de saneamento rural e de proteção dos mananciais; Implementar a coleta seletiva e a compostagem; Influenciar a política de gestão compartilhada de recursos hídricos; e ampliar a rede de lideranças dos núcleos ruais.

Estimular a produção e comercialização sustentável. Estimular o uso de tecnologias sustentáveis;

Continuar a formação de comunidade sustentável, integrando: Parcerias institucionais; Programas escolares; Ações/atitude da comunidade; Ações para a comunidade; Ações, serviços e projetos socioambientais.

Mapear, recuperar e cuidar das nascentes; Otimizar o uso múltiplo e compartilhado das águas; Prevenir e combater incêndios florestais; Ampliar a área de preservação ambiental contribuindo para formação de corredores ecológicos; Contribuir para o debate e aprimoramento da legislação de proteção ambiental.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

CLIQUE PARA VISUALIZAR OS OBJETIVOS

Construindo juntos uma sociedade sustentável

O Projeto Águas da Serrinha do Paranoá começou em 2015 como iniciativa do Instituto Oca do Sol e da comunidade de moradores da região, que preocupados com a proteção das águas, uniram-se para preservar seus córregos e nascentes que desaguam no Lago Paranoá, manancial de abastecimento de água para Brasília.

Propostas e Recomendações

Atividades Desenvolvidas

Diagnóstico Rápido Participativo

1/2

Articulação do Projeto Águas

1/1

Proposta de Corredor Ecológico e Pacto Socioambiental entre a comunidade, Instituições Públicas e parceiras.

1/2

Formação de Multiplicadores e Lideranças do Projeto Águas

1/3

Curso - Macroeducação para as escolas

Fevereiro 2018

1/1

Comunidade em ação
Mapeamento das nascentes da Serrinha.

1/1

A Serrinha do Paranoá é situada na região administrativa do Lago Norte, entre o Varjão e o Paranoá. Forma um corredor ecológico para a fauna e flora nativa, um elo entre o Jardim Botânico e o Parque Nacional de Brasília. Área de Proteção Ambiental - APA do Planalto Central e do Paranoá, e parte da Reserva da Biosfera do Cerrado. Banhada por inúmeros rios perenes e nascentes é responsável pela produção de grande parte da água limpa do Lago Paranoá.

O Projeto foi responsável pela identificação de mais de cem nascentes na região de forma participativa, pela força da mobilização dos moradores da Serrinha do Paranoá que, com o uso de seus próprios celulares “smartphones” enviaram as localizações das nascentes, e conseguiram mudar o mapa hídrico local. Com o apoio técnico da Administração Regional do Lago Norte para produziram um mapa de nascentes, consolidou-se a identidade geográfica e socioambiental da região. A participação das escolas locais, ampliou o sentimento de pertencimento dos moradores, fortalecendo a ação comunitária, a ocupação sustentável em uma convivência harmoniosa com o Cerrado, as nascentes e os córregos.

Como parte de um dos eixos do Projeto Águas foi desenvolvida a proposta de sinalização das Ecotrilhas da região, que se apresenta como uma estratégia importante de proteção das áreas aptas a corredores ecológicos, viabilizando a colaboração pelos usuários, ciclistas e caminhantes, como agentes de fiscalização da natureza. O Projeto Ecotrilhas foi premiado pelo III Seminário de Boas Práticas do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade - ICMbio.