COMITÊ DE BACIA HIDROGRÁFICA PARNAÍBA DO DISTRITO FEDERAL NA OCA DO SOL




O INSTITUTO OCA DO SOL RECEBEU (24/06/19) O COMITÊ DE BACIA HIDROGRÁFICA (CBH) PARANAÍBA DO DISTRÍTO FEDERAL QUE REALIZOU OFICINAS PARA O PLANO DE BACIA HÍDRICO DO DF.




O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba no Distrito Federal realizou entre os dias 20 e 24 de maio de 2019, cinco oficinas de mobilização para a elaboração do Plano de Recurso Hídrico (PRH) da Bacia. Este encontro foi a terceira etapa de consolidação do diagnóstico com ações prioritárias das regiões de estudos, contratada pela Agência Reguladora de Água, Energia e Saneamento do DF (ADASA).

De acordo com Política Nacional de Recurso Hídricos (PNRH) as oficinas foram realizadas de forma participativa e colaborativa. Na Região da bacia do Lago Paranoá os moradores tiveram uma ampla contribuição com o diagnóstico local, também contamos com a presença do FONASC.CBH e demais membros do comitê como o Instituto Oca do Sol, entre outros representantes de instituições relacionadas com os recursos hídricos e também com os estudantes pesquisadores da escola Cedlam.

As oficinas tiveram como objetivo em reunir informações que contribuam para a elaboração de estratégia e investimentos que assegurem a qualidade e quantidade da água nos próximos 20 anos, desta forma o trabalho participativo entre as 4 oficinas mapeou a situação das atuais bacia dos Rios (Descoberto, São Bartolomeu, Corumbá, São Marcos e Paranoá) que juntos representam 67% dos recursos hídricos do DF segundo a Adasa.

A previsão da minuta do plano de ações está prevista para setembro de 2019 de forma que os resultados irão contribuir com a atualização do Plano de Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos no DF (PGIRH), de acordo com a Agência.

Comunidade participativa Estudo de proteção do Lago Paranoá

Grupo de estudo com a presença dos alunos da Escola Cedlam

Este grupo priorizou entre as estratégias, “a proteção ao Cerrado” como um tentáculo para a proteção do ecossistema (destaque para os 3 primeiros itens).

1- Integração das ações de proteção do Cerrado com a proteção dos recursos hídricos

2- Segurança Hídrica

3 - Alterações no uso do solo (áreas naturais ou rurais convertidas em urbana) dentre outras....

Análise do FONASC.CBH

http://fonasc-cbh.org.br/

1- A bacia hidrográfica do Paraniaba tem seus afluentes características especiais haja vida o papel que doravante haverá de ter os afluentes como potencializadora do equilíbrio hídrico da mesma na medida que deve se priorizar o fortalecimento da capacidade desses afluentes contribuírem para a recuperação da calha principal.

2 - O Paranaiba e seus afluentes existe especificidades em relação política de segurança de barragens que merecem ser consideradas sobretudo no que diz respeito a segurança e adequação do plano as novas normativas e legislação dessa política de segurança.

3 – É preciso se fazer uma abordagem inovadora acerca da característica da Bacia que tem um tipo de Outorga e Cobrança tratado a contento nos planos de Bacias sob ponto de vista econômico e social e geopolítico.

4 - Adequar a importância das águas subterrâneas nos diagnósticos e prognósticos previstos e sua relação com as atividades econômicas, sobretudo com as águas superficiais bem como, sua caracterização na Bacia em relação aos instrumentos da cobrança e Outorga.

6 – A necessidade do CBH usar sua competência legal para definir no Plano de Bacia as áreas de restrição de usos com vistas a preservação dos aquíferos e sistemas de produção de água conforme disposto na lei 9433. Isso em cada bacia afluente.

7- Necessita de uma abordagem consistente acerca dos chamados USOS INSIGNIFICANTES na Bacia e sua intima relação com sem números de conflitos de uso já verificados na Bacia.


O INSTITUTO OCA DO SOL AGRADECE A PARTICIPAÇÃO!

Mais informações: www.institutoocadosol.org

Cris Ciciliato

FONASC.CBH




16 visualizações

Mapa do Site

Como Chegar

EPPN DF 005 - Núcleo Rural do Córrego Urubu - SMLN Trecho 1 - Chácara 66

Lago Norte - Brasília - DF - CEP: 71.540-010